Um dia após as aulas, Kana compartilha a lenda de Oni-hime-sama com seus amigos, Shuu e Kensuke, esse último cético com a vericidade da história é desafiado a ir até o santuário de Oni-hime-sama, ele concorda e vai até o local, entretanto ele não retorna no dia seguinte e nem no depois desse. Passado uma semana de seu desaparecimento, Shuu irá até o templo atrás do seu paradeiro e coisas começam acontecer... 


Personagens




Shuu: Tipo bom moço, bem calmo, corajoso e talvez um pouco irônico.



Oni-hime-sama: Uma garota da aldeia que nasceu com chifres e por isso passou a ser recriminada e finalmente morta devido as circunstâncias. Foi feito um templo para apaziguar o seu espírito raivoso, mas mesmo assim ela ainda leva algumas pessoas que vão ao templo. Mas é apenas uma lenda...



Kensuke: Amigo impulsivo e orgulhoso de Shuu e Kana, está desaparecido há uma semana.







KanaQuem conta a seus amigos a lenda de Oni-hime-sama. Tem dificuldade em lidar com situações estressantes. 




Garoto: Um vulto/fantasma que parece ser familiarizado com Oni-hime-sama e irá te ajudar em algumas situações.





Finais


Final 1 "Um Malvado Oni Manchado de Sangue"


Para esse final, é necessário entrar na casa após Kensuke desparecer.

Após conseguir a chave, você terá uma aparição de Kensuke, Shuu vai gritar com ele, coisas como "onde você se meteu?" e tal, mas Kensuke, entorpecido e estranho como se estivesse definhando por dentro, começa a agonizadamente implorar por ajuda, por perdão, que é tão assustador e está com medo, naquela atmosfera tensa, Shuu insiste em saber por onde o amigo andou. Kensuke responde trancado, no escuro, com medo, que quer regressar, e por fim diz que aquela pessoa o fez um de seus joguetes e então grita e desaparece. Shuu fica sem entender nada e entra em casa.

Lá dentro estará completamente escuro, e um oni aparece, Shuu corre e se depara com outro oni, o garoto brande o cano de ferro e o acerta, ao aparecer outro, ele foge para a cozinha e se arma com uma faca, e começa a cortar-cortar-cortar-cortar-cortar-cortar-cortar... até uma hora encontrar e acender o interruptor, e depara-se  em sua sala decorada com sangue e seus pais mortos no chão. Assustado ele foge de casa e haverão muitos, diversos, onis que o atacarão.
Shuu, amedrontado, se esconde, e rodeado por todos aqueles vivos olhos vermelhos, volta a usar a faca e corta-corta-corta-corta-corta-corta-corta-corta-corta-corta-corta....
Depois disso ele estará no caminho para o santuário, e sua porta estará aberta, Shuu para em frente e diz "Eu matei a todos...Oni-hime-sama. O pessoal da cidade... todos eles... Agora... já não há... mais Oni"e fim.


Final 2 "O Joguete de Oni"


É a mesma lenga-lenga de Kensuke, mas quando ele sumir, NÃO entre na casa, mas vá ao templo e arrombe a porta com o cano de ferro (pegue no lixão).


Ao fazer isso Shuu acidentalmente quebra sua lanterna e no meio da escuridão aparecem um par de olhos vermelhos. Algo aperta os braços do garoto... *borrifada de sangue* e seu braço é arrancado e depois sua perna... Sem saber o que aconteceu Shuu não sente seu corpo, sequer pode move-lo, e está gelado... E quando o rosto de oni se aproxima, o garoto irá se sentir... feliz. Assim como Kensuke, Shuu se convertera em um joguete dessa pessoa, um joguete de Oni-hime-sama.



Final 3 "Uma Família Falsa"


Nesse final é necessário voltar ao mini-santuário e analisar a a mão decepada, e depois de encontrar Kana pegar o atalho para casa (e entrar) ~ ou seja, não entre na escola. 


Ao voltar para casa Shuu será recebido alegremente por sua irmanzinha, que irá te repreender por demorar tanto, pois haviam combinado jogar. Shuu como bom irmão, emfim recorda do nome de sua irmã, Yuki. Shuu promete á Yuki que no próximo domingo jogarão, e a mãe deles grita que o jantar essa pronto.
"Mas espere um segundo"
Na cozinha, com toda a família reunida, Yuki, mãe e pai discutem sobre o carinho que a irmãzinha tem por seu irmão, afinal, afirma a garotinha: "Onii-chan é especial"
"...Como pensei ...isso é estranho..."
".....Alguma vez... tive uma..... irmã menor.........?"
kusu kusu kusu kusu..........
E a figura da "irmazinha" escure e seu olhos vermelhos brilham.



SEMPRE, SEMPRE..... 


JOGAREMOS JUNTOS, NÃO É?



Final 4: "Sonho Sem Despertar"


Faça como o final 3, mas não vá para casa mas entre na escola.
Na escola, faça o seguinte: Pegue a chave do telhado SEM, ter completado o evento da enfermaria (ou seja SEM ter posse do bastão).



Ao pegar a chave a Kana irá te perseguir (que novidade...) e você corre pro telhado com a garota em seu encalço. E assim que você finalmente chega lá... Kana te esfaqueia.
Ela irá comemorar por ter conseguido matar Oni-hime-sama com suas próprias mãos... Até que ela começa a se questionar e de forma letárgica, "acorda", sem entender porque o amigo está esfaqueado e logo deduz que era ela a assassina. 
Pega de surpresa e histérica com a situação, escapa da realidade negando a situação e repete a si mesma que é apenas um sonho. Repetindo firmemente essa sentença, decide que sendo apenas um sonho, deve apenas despertar.
E caminha em direção ao telhado. 
"..... Apenas preciso despertar....."
E salta.
~~
Oni-hime-sama aparece ao lado do corpo de Shuu e o Garoto caminha até eles. Um deles (suponho que o Garoto) diz que dessa vez salvará a Shuu, e para que possam estar juntos por isso não deve se sentir mal de agora adiante, que essa garota é muito solitária e precisa de "amigos" e se despede.
~~
Alguém conta para outra pessoa a história de Oni-hime-sama. Que estudantes da escola foram amaldiçoados pela entidade. Um dos estudantes desapareceu, e logo depois um de seus amigos se suicidou ao saltar do telhado da escola. Outro estudante foi encontrado no mesmo dia por um professor, ele estava no telhado e sangrava devido uma punhalada no estômago, por pouco não morreu, mas foi afetado mentalmente, sem saber o que havia acontecido e logo depois abandona a escola.
A pessoa que está ouvindo a história pressupõe que é apenas um daqueles rumores de quando alguém é transferido, afinal, Oni-hime-sama é apenas uma lenda.
A contadora admite que sim, "mas... De acordo com um certo rumor..... O estudante que começou a agir estranho..... Ainda agora, visita com frequência..... o templo de Oni-hiime-sama. Sem duvida, Oni-hime-sama que esteve sozinha, com um desejo de ter amigos, levou a alma dessa pessoa.--"
*Muda a cena*
Shuu, agora mais velho já como adulto, está parado em frente ao templo de Oni-hime-sama para jogar novamente. Se ele é feliz? Sim ele é. 



Final Verdadeiro: "Oni Joga"



Para conquistar esse você deve ter pego o bastão no depósito de ginástica e só então pegar a chave da sala do telhado.


Igual ao final anterior, corra para o telhado, mas dessa vez Shuu irá repelir a facada de Kana com o 

bastão, ele aproveita esse momento para acalmar a garota, dizendo quem ele é, e que não é Oni-hime-sama. Ela irá "despertar", e quando parece ligar os pontos em sua mente, ela desaba no chão.

Uma voz irá pedir para que devolve. Ao olhar, a boneca que estava aos pedaços está inteira novamente.
Shuu sai da escola e no caminho até templo haverão flashbacks da infância de Oni-hime-sama com o Garoto, dele a encontrando entre as árvores e deles brincando, até que são cercados por adultos, Oni-hime-sama irá tentar correr ao vê-los, só para encontrar mais adultos do outro lado. Assim o Garoto fica sozinho, e então corre na direção contrária onde foi construído o templo. Outro flashback irá mostrar o Garoto colocando a boneca em frente ao santuário, onde se torna uma sombra e então entra, assim como Shuu o faz em seguida.
Em frente ao vaso que contem os ossos de Oni-hime-sama, Shuu depositará a boneca.
Do corpo de Kensuke só restaram os ossos, Shuu para em frente e anuncia que o tempo de jogar acabou e recolhe os ossos do amigo. Mas, quanto mais anda para cidade mais os ossos de Kensuke se decompõem até serem apenas pó, sem estar em nenhuma parte.
~~
Duas colegiais visitam seu templo de Oni-hime-sama. Uma delas continua a narrar a história, falando sobre o garoto desaparecido, e seus amigos que desapareceram ao voltar para casa. Eles foram encontrados somente no dia seguinte, um deles estava desmaiado no telhado e outro parado no meio do parque, como se sua alma tive sido extraída, e nenhum deles se recordava do que havia acontecido aquela noite. As garota conversam mais um pouco, até que vão embora. Logo após elas saírem, Shuu, agora adulto, vai visitar o templo.
Shuu conta que foi declarado que Kensuke desapareceu e assim pouco a pouco, teve o mesmo destino na memória das pessoas. Kana não se lembrava de nenhum acontecimento daquela noite. Constantemente, as pessoas perguntavam a ele o que ocorrera, mas ele dizia que não lembrava ou sabia, já que ninguém acreditaria na verdade e mesmo ele não estava seguro se foi real. 
Ele caminha em direção da saída.
JOGUEMOS JUNTOS
Mas ignora, e vai embora.



Final Feliz: "Encontro Casual" 


Você deve pegar todos os finais do jogo e então recomeça-lo. Mas haverá uma mudança, você terá a opção de seguir Kensuke até o templo. Escolha essa opção.


É simples, mas de certa forma adorável, e realmente só tem graça mesmo depois de ter zerado o jogo. 
Shuu vai até lá e chega primeiro que Kensuke, enquanto o espera ele ouve uma risada e se esconde. Então surge Oni-hime-sama brincando, mas ao ouvir o som de alguém vindo irá se esconder, deixando sua boneca cair. Shuu irá até a boneca e a guarda, no instante seguinte Kensuke aparece. Eles conversam um pouco (algo como "FALEI PARA VOCÊ NÃO ME SEGUIR" e lálálá) até que Kensuke pergunta se ele achou algo, Shuu nega. Sem encontrar nada interessante Kensuke sai para procurar alguma coisa e Shuu deposita a boneca em frente ao templo e diz que mesmo não sabendo de quem é não falará de ninguém sobre isso e sai.

Assim Oni-hime-sama recolhe sua boneca e desaparece e tudo não passa de um simples encontro casual.

Download do Jogo

Chocolate - Inglês
Pimenta - Espanhol 

Luuh ~


Deixe um comentário